Mulher atropelada na Areia Preta não resistiu aos ferimentos

A vítima, com cerca de 40 anos, ainda foi transportada ao Centro Hospitalar Conde de São Januário, mas acabou por falecer pouco depois de ter dado entrada no hospital público.

Uma mulher, na casa dos 40 anos, perdeu a vida esta terça-feira na Rua Central da Areia Preta depois de ter sido colhida por um automóvel ligeiro. A vítima não resistiu aos ferimentos que sofreu e faleceu no Centro Hospitalar Conde de São Januário, para onde foi transportada, depois de ter sido atropelada por uma viatura. De acordo com a emissora em língua chinesa da Rádio Macau, a mulher foi colhida a meio da tarde de ontem quando o proprietário do veículo se preparava para conduzir uma manobra de inversão de marcha.

A vítima, que sofreu escoriações num braço e que vomitou pouco depois da chegada dos Bombeiros ao local do acidente, terá sofrido também lesões internas graves, acabando por falecer pouco depois de ter dado entrada no hospital público. O condutor que esteve na origem da ocorrência foi submetido a um teste de despistagem de álcool, mas os resultados acabaram por se revelar negativos em relação à presença de álcool.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.