PJ investiga alegado roubo de dados de cartão de crédito

Um residente apresentou queixa junto das autoridades locais a dar conta de uma transacção que não tinha sido por si efectuada. A Judiciária acredita que alguém se terá apropriado de forma indevida dos dados do cartão de crédito da vítima.

A Polícia Judiciária está a investigar um alegado caso de utilização indevida de um cartão de crédito, depois de ter sido esta quarta-feira alertada por um residente do território que se queixa de ter recebido duas mensagens de texto consecutivas a dar conta de transacções que o titular do cartão não efectuou.

A PJ investigou a denúncia e confirmou que uma transacção no valor de 149,7 dólares norte-americanos tinha sido feito. A polícia de investigação do território suspeita que o autor da transacção, que se refere ao pagamento de um quarto numa unidade hoteleira, se tenha apropriado de forma ilegal da informação relativa ao cartão.

Citada pela emissora em língua chinesa da Rádio Macau, a Polícia Judiciária diz que ainda não é lícito se o cartão de crédito da vítima foi ou não roubado. O caso continua sob investigação.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.