Macau terá o rendimento per capita mais elevado do mundo em 2020

A estimativa é avançada pelo FMI. O organismo acredita que o território deve destronar, dentro de dois anos o Qatar como a economia que apresenta um rendimento per capita mais elevada.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima que Macau registe em 2020 o maior rendimento ‘per capita’ do mundo, destronando o Qatar, de acordo com as últimas proje ções da instituição.

Os dados divulgados pelo Fundo Monetário Internacional a 27 de Julho, agora alvo de análise, indicam que Macau apresenta neste momento um rendimento ‘per capita’ de 105 mil euros, só ultrapassado pelo Qatar, com 111 mil euros.

Em 2020, o rendimento ‘per capita’ de Macau deverá subir para os 124 mil euros, quase o triplo da média das economias mais avançadas como a Austrália, Estados Unidos, Áustria, Reino Unido e República Popular da China.

O FMI calcula que a outra Região Administrativa Especial chinesa, Honk Kong, deverá apresentar em 2020 um montante ‘per capita’ inferior a metade do de Macau, ocupando o 10.º lugar, enquanto o de Portugal não chegará aos 30 mil euros anuais de rendimento por habitante, ficando-se pelo 46.º posto.

De acordo com os dados do Governo de Macau, no final de 2017 viviam no território cerca de 653 mil habitantes em pouco mais de 30 quilómetros quadrados.

Macau, a capital mundial do jogo, é o único local na República Popular da China onde apostas em casino são legais.

Em 2017, a receita do jogo em Macau cresceu 19,1 por cento para os 265,7 mil milhões de patacas, qualquer coisa como 27,5 mil milhões de euros.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.