A Macau de Bourdain toca-nos fundo na alma

Fotografia: José Sena Goulão

Chef, escritor e personalidade inconfundível do pequeno ecrã, Anthony Bourdain foi esta sexta-feira encontrado morto em Paris. O extravagante “food traveller” esteve em Macau em 2011 e o retrato que traçou, mais do que um programa televisivo, é um testemunho histórico. Recorde-o aqui.

Apostou num dos casinos do território, conduziu um kart em Coloane, meteu o dente num “chu-pa-pao”, saltou da Torre de Macau, almoçou na cantina da APOMAC, cozinhou com Cecília Jorge e esteve à conversa com uma figura incontornável da história do território, o padre Lancelote Rodrigues.

Anthony Bourdain, o conhecido chef norte-americano que foi esta sexta-feira encontrado morto num quarto de hotel em França, esteve em Macau em 2011 e dedicou ao território e à gastronomia de Macau um dos episódios da sétima temporada de “No Reservations”, a premiada série que o tornou numa estrela inconfundível no universo da divulgação da boa mesa e de experiências gastronómicas com tanto de genuíno, como de inesquecível.

Bourdain, que de acordo com a CNN cometeu suicídio, esteve em Portugal por quatro ocasiões, tendo gravado programas nos Açores, em Lisboa e no Porto, por duas vezes.

O chef, escritor e apresentador de televisão foi encontrado morto num quarto de hotel por Eric Ripert, chef francês e amigo próximo de Anthony Bourdain. A CNN lamentou, num comunicado, a morte de uma das suas figuras com maior projecção internacional: O seu amor pela grande aventura, novos amigos, boa comida e bebida fizeram dele um contador de histórias único. Os seus talentos nunca deixaram de nos surpreender e vamos sentir muito a sua falta. Os nossos pensamentos e orações estão com a sua filha e família neste momento incrivelmente difícil”, assinala a estação televisiva.

Recorde, na íntegra, a passagem de Anthony Bourdain por Macau:

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.