Futsal. Selecção feminina perde com Hong Kong

Depois de ter sido trucidada por 15-0 frente à Tailândia, a selecção de Macau voltou a perder. Frente a Hong Kong, a derrota foi menos constrangedora: as atletas locais perderam por 7 – 0.

Segundo jogo, segunda derrota para a selecção feminina de futsal que disputa pela primeira vez o Campeonato Asiático da modalidade. Depois de ter sofrido uma constrangedora goleada frente à anfitriã Tailândia, a formação do território voltou esta sexta-feira a encaixar uma derrota, desta feita frente à congénere da vizinha Região Administrativa Especial de Hong Kong.

Mais forte, o colectivo da antiga colónia britânica entrou melhor no desafio e quase marcou o primeiro da partida aos trinta segundos. A Macau valeu a atenção da guarda-redes Chao Tsz Wai, que negou o golo primeiro a Chan Wing Sze e depois a Cheung Wai Ki e a Wong Shuk Fan.

Após o susto inicial, a formação do território reforçou as estratégias defensivas, uma opção que vingou até aos 13 minutos, quando Heidi Yuen Hoi Dik inaugurou o marcador com um remate de fora da área, na sequência de um passe com peso, conta e medida de Wong Shuk Fan.

Com uma aposta evidente na defesa e no contra-ataque, o grupo de trabalho do território não conseguiu contrariar a melhor organização ofensiva das atletas de Hong Kong e aos 15 minutos Heidi Yuen marcou o segundo da conta pessoal, num remate colocado de pé esquerdo.

O terceiro golo do colectivo da antigas colónia britânica surgiu pouco antes do intervalo, com Yiu Hei Man a dar a melhor sequência ao passo longo de Ng Wing Kum e a encontrar o fundo das redes pela terceira ocasião.

O domínio da selecção da bauhinia prolongou-se pela etapa complementar. O conjunto de Hong Kong necessitou de apenas quatro minutos para reforçar a vantagem. Marcou Ng Wing Kum, tirando proveito de um desentendimento entre Kuan Chi Kio e a guardiã Chao Tsz Wai no sector mais recuado da selecção de Macau.

As pupilas de Chiang Ka Chon não estiveram inteiramente mal em termos defensivos, mas Hong Kong exibiu durante todo o encontro uma maior agilidade, rapidez e confiança em termos de movimentos e aos 28 minutos Cheung Wai Ki deixou o nome nos anais da partida, ao apontar o quinto golo da formação da RAEHK. A possante atleta repetiu a graça dez minutos depois, antes de Wong So Han encerrar a contagem no último minuto do tempo regulamentar, ao empurrar para o fundo da baliza de Chao Tsz Wai após um bom trabalho de Sin Chung Yee na frente de ataque.

No outro desafio do grupo A, a anfitriã Tailândia e a Indonésia empataram a um golo, com tentos de

Febriana Kusumaningrum, aos 24 minutos, e de Darika Peanpailun um minuto depois.

Na terceira e última ronda da fase de grupos, Macau defronta a Indonésia e Hong Kong discute com a Tailândia a passagem à segunda fase da competição.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.