Futsal feminino. Tailândia esmagou Macau no Asiático

A selecção local perdeu por 15-0 na estreia no Campeonato Asiático da modalidade. Sasicha Pohothiwong foi a grande figura do encontro, ao marcar cinco dos quinze golos com que a Tailândia destroçou Macau.

A selecção feminina de futsal do território estreou-se em termos absolutos no Campeonato Asiático da modalidade com uma pesada derrota por 15-0 face à anfitriã Tailândia, no desafio que pautou o arranque da segunda edição da prova, sancionada pela Confederação Asiática de Futebol.

A formação orientada por Udom Taveesuk marcou por cinco ocasiões nos primeiros oito minutos, batendo o recorde de golos da competição num único encontro.

Sasicha Pohothiwong marcou por cinco ocasiões para a selecção anfitriã e Darika Peanpailun marcou por três ocasiões, numa noite em que os golos surgiram em catadupa, frente a uma selecção que alinha pela primeira vez ao mais alto nível.

A resistência do conjunto do território durou apenas 60 segundos, com Powothiwong a oferecer à Tailândia uma vantagem madrugadora após uma boa assistência de Mutita Senkram. A “matadora” da selecção tailandesa voltou a fazer o gosto ao pé menos de dois minutos depois, dando o mote ao que acabaria por ser o encontro.

Nimrattanasing Jiraprapa apontou o terceiro da noite dois minutos depois, antes de Darika Peanpailun apontar o primeiro da conta pessoal ao sexto minuto, com um remate desferido de ângulo apertado.

O quinto golo da Tailândia surgiu aos oito minutos e teve a assinatura de Jenjira Bubpha. Darika Penpailun elevou a contagem para a meia dúzia seis minutos depois e completou o hat-trick quatro minutos antes do intervalo.

Uma falha infantil da defensiva do território deixou a bola à mercê de Sasicha Pohothiwong, que agradeceu a oferta e marcou o terceiro da conta pessoal. A atleta tailandesa voltou a fazer o gosto ao pé a um minuto do intervalo e Mutita Senkram elevou a contagem para 9-0 antes ainda do juíz da partida mandar as equipas recolher ao balneário.

Na etapa complementar, a selecção de Macau regressou ao perímetro de jogo mais organizada e não só conseguiu manter as adversárias à distância, como também quase marcou o seu tento de honra. À Tailândia valeu a atenção de Suksen Sasiprapha, que negou a Kuok Ut Meng um golo de curta distância.

A Tailândia reagiu e ao minuto 30 Powothiwong marcou o décimo golo da formação da casa. A mesma atleta voltou a bater Ho Ka I menos de um minuto depois, antes de Pacharaporn Srimuan apontar o 12º da equipa anfitriã a oito minutos do fim. O golo da noite foi apontado por Orapin Waenngoen aos 35 minutos, antes de Jiraprapa Tupsuri deixar o nome nos anais da partida. O 15º e último golo da noite foi apontado por uma atleta do território na sua própria baliza.

Dada a vitória rotunda alcançada frente a Macau, a Tailândia lidera as contas do Grupo A. Na segunda ronda da competição, agendada para sexta-feira, a formação anifitriã defronta a Indonésia (que hoje derrotou Hong Kong), ao passo que Macau esgrime argumentos com a selecção da vizinha Região Administrativa Especial.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.