Morreu Inuka, o primeiro urso polar nascido nos trópicos

O estado de saúde do animal, que nasceu no Zoo de Singapura em 1990, complicou-se ao longo dos últimos meses. O Jardim Zoológico já anunciou que não tem a intenção de substituir a imponente criatura.

O primeiro urso polar nascido nas região dos trópicos foi eutanasiado esta quarta-feira devido à rápida degradação do seu estado de saúde, indicou hoje o Jardim Zoológico de Singapura, instituição da qual era uma das mascotes.

Inuka tinha 27 anos, uma idade avançada para um exemplar da espécie. Tido como uma das principais atracções do Jardim Zoológico da Cidade-Estado, o urso-polar nasceu a 26 de Dezembro de 1990.

O animal apresentava já há varias anos problemas decorrentes da sua idade avançada, nomeadamente problemas de artrite. Um exame médico efectuado no início do mês por veterinários do Jardim Zoológico revelou que o seu estado de saúde se degradou de forma exponecial ao longo dos últimos meses.

Inuka era filho de Nanook, um urso polar capturado nas estepes do norte do Canadá. A sua mãe, Sheeba, chegou a Singapura proveniente de um Jardim Zoológico da Alemanha.

A morte do portentoso animal pauta o fim de uma era no Zoo da cidade-Estado. A instituição indicou que não tenciona exibir novamente ursos polares.

As imponentes criaturas vivem em países e regiões como a Gronelândia, o Canadá e a Rússia, que apresentam um clima oposto ao de Singapura, cidade-Estado próxima do Equados onde as temperaturas mais baixas raramente descem abaixo dos 25 graus.

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.